Sábado tem slingada!

10 setembro 2009

 Elly e Caetano

Elly e Caetano com felizes com nosso amarradinho!

Um útero com vista!

Ao colo da mãe, aconchegado pelo pano, o bebé ouve o seu coração, sente a sua respiração, acompanha o seu movimento.

É como se voltasse ao útero materno, mas com uma janela aberta para o mundo.

É com essa frase que convido todas vcs para mais uma Slingada, dia 12/09/2009 às 14hs. Esse encontro tem como objetivo tirar dúvidas de como usar Carregadores de Bebês no seu dia-dia.

 Quem pode participar: Mães com bebês, mães grávidas, pais, tias, tios, vós, vôs, crianças de todas as idades e quem mais quiser ir. Quem já usa o Sling, pode ajudar a outras mães que não conseguem usar.. é uma grande troca de experiências.

 No final se torna um bate-papo muito gostoso.

Endereço: Espaço Ana Thomaz Rua Miniz de Souza, 517 – Aclimação

 Horário: 14hs às 17hs

No final fazemos uma grande chá da tarde..

Leve um lanche para compartilhamos.

Teremos alguns produtos a venda como: carregadores de pano, bebechilas e produtos da Matrice!


Compras matrice

5 setembro 2008

Fred usando um body Matrice

Há muitos anos, no primeiro sábado de cada mês, a nossa matrice Analy faz as famosas slingadas. O objetivo é difundir os carregadores de bebês.

Nós, Matrices, apoiamos as sligadas, e também usamos! Já falamos isso aqui no blog.

Bom, amanhã é dia de slingada. Então convidamos a todos a participar desta linda festa. Onde? Rua João de Souza Dias, 281 Campo Belo – tels. 5093 7151 /9468 4802 Que horas? às 16 às 17:30.

Aproveite e confira também os produtos da Matrice!!


Amarradinho!!!!

26 julho 2008


Analy carregando o Fred de 01 ano no amarradinho

Nós acreditamos que lugar de criança é no colo!!! Por isso refizemos uma nova remessa de amarradinho. Nosso amarradinho foi especialmente desenvolvido por nossa especialista em carregadores, Analy Uriarte, que fabrica carregadores há mais de 06 anos.

Mas colo não faz mal?
Veja o trecho do texto que retiramos do site do Sampa Sling, e foi traduzido por Analy:


“Ao contrário da crença ocidental que crianças cuidadas desta maneira são exageradamente dependentes, estes bebês desenvolveram cedo independência da mãe, voluntariamente passando mais da metade do dia com seu pai ou outras crianças, entre 2 e 4 anos de idade. Na maioria das sociedades não-industriais estudadas os bebês não eram tão carregados quanto nas sociedades de caçadores-coletores, mas a mãe ainda é a principal figura, ela dorme na mesma cama ou quarto que a criança e a criança é amamentada por mais de 24 meses. Os pesquisadores observaram que nestas condições o choro das crianças era atendido rapidamente e com uma resposta apropriada e carinhosa. Os autores notam que a situação dos bebês nos Estados Unidos é drasticamente diferente desses padrões com crianças passando somente 25% de um período de 24 horas em contato com sua mãe devido à proliferação do uso de bebês-conforto, cadeirões de comer, balanços e cercadinhos, além do conselho dos pediatras de serem usadas áreas de dormir separadas para o bebê, resultando na estatística lamentável de mais de 43% dos episódios de choro dos bebês americanos são ignorados (Blackwell, 2000; Lozoff & Brittenham, 1979). Uma comparação fisiológica da composição do leite materno leva a crer que os humanos foram feitos para carregarem seus bebês (Lozoff & Brittenham, 1979; McKenna et al., 1993). O leite materno em mamíferos que escondem ou deixam seus filhotes em ninhos e outros locais seguros entre as mamadas possui altos teores de proteína e gordura. O leite dos mamíferos que carregam seus filhotes ou daqueles onde a cria permanece ou hiberna com a mãe, possui teores de proteína e gordura mais baixos. O leite materno humano tem baixos teores de proteína e gordura identificando um ritmo de mamadas muito frequentes e abundante contato físico com a mãe como um padrão ótimo de cuidados maternos para humanos. Quer você acredite que os humanos evoluíram ou fomos criados por Deus, fica evidente até no leite materno que as mães foram feitas para carregarem seus bebês com elas.© 2001 Tami E. Breazeale”

Ficou interessado? Então leia o texto inteiro no site

http://www.sampasling.com.br/textos_leitura.asp?ID=5

Visite nossa lojinha e descubra o valor e a forma de entrega