Mamaço na Paulista ontem

13 maio 2011

Uma mãe é questionada quando começou a amamentar seu bebê de 3 meses, no meio de um Centro Cultural, na avenida mais importante e famosa da nossa cidade, a maior cidade do nosso país! Sob o argumento de que ela não deveria alimentar seu bebê ali, foi conduzida a um “cantinho”, longe dos olhares “incomodados” das “pessoas de bem”… Essa moça se sentiu indignada com esse tratamento, queixou-se no Facebook, a história se espalhou e muitas e muitas mulheres (e seus bebês fofos) se encontraram ontem no Itau Cultural, em plena Avenida Paulista, para um “mamaço” coletivo!

Porque será que amamentar ainda incomoda tanta gente? Num país que transmite para o mundo todo imagens do nosso carnaval tão livre, ou que aceita biquinis tão minúsculos em nossas praias ensolaradas, muita gente aqui ainda acha feio, inapropriado, exibicionismo, amamentar em público…

A tarde foi agradável, o pessoal do Itau Cultural percebeu o equívoco na hora e acolheu todo mundo, a mída toda acompanhou, a amamentação pôde ser divulgada como, de fato, é: natural, necessária, livre de preconceitos.

A Matrice acompanhou o evento e parabeniza todos que apoiam a amamentação. APOIO é nossa palavra-chave!

Vejam links bacanas das reportagens feitas aqui, aqui e aqui.


apoio às obstetrizes!

25 março 2011

Mulherada!

Está na hora de a gente mostrar que está cansada de ter nosso corpo, nosso parto e o momento do nascimento de nossos filhos roubados…
Cabe a nós decidirmos que exames vamos fazer, e saber o porque…
Cabe a nós decidirmos quando e como iremos engravidar…
Em que posições queremos ficar, a quais procedimentos vamos nos submeter e saber o porque!
Queremos profissionais que não nos julguem pelas nossas atitudes e que pacientemente expliquem o que nos diz respeito.
Que esperem pela nossa hora de parir, o tempo que precisar, com segurança.
Que nos enxerguem como um ser único, que não hajam por conta de um protocolo, de uma rotina…
Que não tenham pressa, que reconheçam a transcendência do nascimento de um ser humano, de uma mulher como mãe, de um homem como pai e de uma família.
Amanhã, sábado (26 de março), vamos apoiar a formação de obstetrizes pela USP, no vão livre do Masp, às 10h.
Esse curso é único no Brasil e está ameaçado de extinção, forma profissionais especializados na assistência à mulher na gravidez, parto e pós-parto, no modelo seguido pelos países (Inglaterra, Canadá, Alemanha, entre muitos outros) onde a mulher é respeitada e onde encontramos as menores taxas de mortalidade materna e infantis.
Natalia Rea Monteiro, doula

Amanhã de manhã, com a participação da MATRICE,
estudantes, mães, gestantes, casais grávidos, mulheres, homens e crianças
ocuparão o vão central do MASP, na avenida Paulista, para manifestar seu apoio ao curso de Obstetrícia da USP Leste, que está sob ameaça de fechamento pela
administração da Universidade de São Paulo.

De acordo com a OMS, a Obstetriz com formação de nível superior representa boa
estratégia para promover atenção adequada ao parto e nascimento. Essa
profissional é capacitada para prestar assistência a gestações e partos de baixo risco e é bastante
solicitada em muitos países desenvolvidos. No Brasil, seu papel é ainda mais relevante, diante das elevadas taxas de morbi-mortalidade materna e neonatal.

Fechar o curso de Obstetrícia é um retrocesso e constitui desrespeito a toda a sociedade, na medida em que representa a manutenção do atual sistema de assistência, que apresenta elevada cobertura hospitalar, porém, resultados perinatais insatisfatórios.

Nesse sentido, a MATRICE, formada por mulheres usuárias do sistema de saúde no Brasil, diante do quadro alarmante de abuso de cesáreas e da assistência
desumanizada ao parto, acredita que a Obstetriz é a profissional adequada para realizar a assistência à gestação, ao parto e ao nascimento de baixo risco. Assim, a formação de Obstetrizes é uma inovação, no caminho da melhoria das condições da assistência obstétrica e neonatal de nosso país.

SERVICO
Manifestação pela manutenção do curso de Obstetrícia da USP Leste
Local: Vão central do MASP, Avenida Paulista, São Paulo-SP
Data: 26 de março, sábado
Horário: 10h da manhã
Contatos: Ana Cristina Duarte (11) 9806-7090 / Deborah Delage (11) 9201-5245


parto – nós apoiamos!

12 dezembro 2010


bazar de natal!

7 dezembro 2010

clique na imagem, para vê-la maior!


Dia da Consciência Negra – e leite materno!

21 novembro 2010

Fotos tiradas no Museu AfroBrasil, no Parque do Ibirapuera/SP (e que vale muito visitar!).


Grupos de apoio!

20 outubro 2010

Ontem a Matrice participou de um simpósio aqui em SP no Instituto de Saúde, sob o tema “Ações integradas no Aleitamento Materno”, com uma palestra sobre Rede de Apoio. Foi uma tarde adorável e de muita aprendizagem, acima de tudo!

Falamos sobre grupos de apoio, internet, história…

Segue publicado o filminho que fiz para o encerramento da minha apresentação:

A respeito da internet, lembramos de uma citação que li recentemente, e com a qual eu compartilho:

Estamos indo para um mundo em que tudo será conectado à internet: roupas, carros. É a direção que as coisas vão tomar. Em dez anos, a internet será como a eletricidade, estará em todos os lugares.

Nick Bilton, jornalista norte-americano,
em entrevista para a Folha de S.Paulo, 16. out. 2010

Compilei tb uma lista de links, a partir do site Aleitamento.com (ver link abaixo), que reproduzo a seguir, para futuras consultas:

http://www.flickr.com/photos/matrice/ – Fotos reunidas da/pela Matrice.

http://www.amigasdopeito.org.br/ – Site do grupo de mães Amigas do Peito no Rio, com divulgação de suas atividades.

http://grupomama.blogspot.com/ – Mães que apóiam mães na amamentação – grupo que atende Piracicaba e região.

http://amamentacaoexclusiva.blogspot.com/ – Blog que tem um espaço para perguntas e respostas, além de publicar matérias afins.

http://diretoriomaterna.blogspot.com/ – Organizado por uma “matrice”, lista diversos blogs correlatos.

www.aleitamento.com – A primeira “homepage” de amamentação em português, é atualizada diariamente e possui espaços específicos para profissionais de saúde, pais e demais interessados.

www.fiocruz.br/redeblh/ – O Brasil possui a maior rede de Bancos de Leite Humano do mundo, tendo ganhado um prêmio da OMS em reconhecimento ao desenvolvimento de uma tecnologia simples, mas segura, de pasteurização. O site contem informações sobre todos os bancos que compõem a rede e demais informações da área.

www.abpblh.org.br – Site da Associação de Profissionais de Banco de Leite Humano e Aleitamento Materno, associação civil sem fins lucrativos fundada em 2002, traz notas, eventos, cursos.

http://portal.saude.gov.br/portal/saude/ – Portal do governo brasileiro, com divulgação das estratégias e notícias da área.

http://www.bvsam.icict.fiocruz.br/php/index.php – O Centro Latino-Americano e do Caribe de Informação em Ciências da Saúde (Bireme/OPAS/OMS) é responsável pela Biblioteca Virtual em Saúde – Aleitamento Materno, produzida em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz; reúne trabalhos, estudos, pesquisas relacionados com o tema.

http://www.sbp.com.br – Site da Sociedade Brasileira de Pediatria, com divulgação das estratégias adotadas.

www.ibfan.org.br – Rede que luta pelo direito à amamentação, monitorando as práticas de marketing das indústrias de alimentos infantis, mamadeiras e bicos, e colaborando na elaboração de leis e normas baseadas no Código Internacional de Comercialização de Substitutos do Leite Materno.

www.sbp.com.br – Site da Sociedade Brasileira de Pediatria, com divulgação das estratégias adotadas.

www.unifesp.br/centros/ciaam – Site do Centro de Incentivo e Apoio ao Aleitamento Materno, ligado à Universidade Federal de SP, promove a união entre os profissionais de saúde que forma e a comunidade, através de diversas estratégias.

www.abonam.com.br – O site da Associação Brasileira de Profissionais de Odontologia Neonatal e Aleitamento Materno divulga que a Odontologia Neonatal é o conjunto de procedimentos que o cirurgião-dentista pode realizar junto à equipe de atendimento neonatal, especialmente na promoção, proteção e apoio à amamentação.

www.pucpr.br/servicos/programas_saude/palma/index.html – Site do Projeto de Aleitamento Materno, da PUC/Paraná (PALMA), investe nos aspectos técnicos, práticos e políticos do aleitamento materno, favorecendo a troca de conhecimento popular com o acadêmico (da universidade para a comunidade).

www.hminterlagos.com.br/ – Site da Maternidade Interlagos, hospital público em SP, tem orientações sobre a Iniciativa Hospital Amigo da Criança, Ambulatório Junto ao Peito, Banco de Leite Humano, PRAMAMA – Programa de Aleitamento Materno para Mães Adotivas, com áreas específicas para mães e pais e para profissionais de saúde.

www.fotolog.net/amamentando – Fotolog de amamentação, coordenado pelo Dr. Luis Alberto Mussa Tavares, do RJ.


É amanhã!

1 outubro 2010


SMAM 2010 – Sexualidade e maternidade recente

3 agosto 2010

Sabemos que o corpo demora a se reacomodar depois da gravidez e do parto… mas acreditamos que logo tudo voltará a “ser como antes”.  A maior surpresa surge quando o desejo sexual não aparece como estávamos acostumadas. (…)  Tomamos a decisão intelectual de responder às demandas lógicas do companheiro, de satisfazê-lo e de reencontrá-lo. Mas não funciona (…)   Acredito que existe uma luta cultural entre o que todos acreditam que é certo e o que acontece conosco. (…)  Todas as mulheres desejam abraços prolongados, beijos apaixonados, massagens nas costas, conversas, olhares, calor e disponibilidade do homem (…) Nessas ocasiões, desconfiamos que o sexo é sagrado e sensual: acontece quando uma brisa percorre o corpo físico, produzida por um beijo, uma palavra de amor, uma piada, um olhar cheio de desejo (…)

Texto completo em pdf: sexualidade e maternidade recente

Laura Gutman é terapeuta e escritora argentina, estudiosa dessa relação mãe-bebê-pai e demais temas relacionados. Seus textos são muito interessantes e tivemos sua autorização para traduzir e distribuir um deles, intitulado “Sexualidad y maternidad reciente” no ENAM – Santos, em junho úlitmo. Clique no link acima e leia a íntegra do texto em português, com tradução da querida Ana Patricia de Moura e Souza. Boa leitura!


SMAM 2010 – O desdesign da mamadeira

2 agosto 2010

Cristine Nogueira Nunes é uma designer-pesquisadora e acabou de publicar sua tese de doutorado intitulada “O desdesign da mamadeira – Por uma avaliação periódica da produção industrial“, onde propõe que a gente repense a função (e a real necessidade) da mamadeira!

Eu já li a tese inteira, publicada aqui, e recomendo que todo mundo o faça, imediatamente, para que a gente possa repensar nossas práticas! Para ler a reportagem acima, publicada na Revista Ciência Hoje, clique na imagem. Boa leitura!!


Comemorando a SMAM 2010

19 julho 2010

(clique na imagem para ampliá-la)