Falando de “leite fraco” e do mercado que se abriu com essa falácia…

16 outubro 2011

O blog da designer, professora e pesquisadora Cristine Nogueira publicou um post falando sobre como começou a falsa noção de “leite fraco” na nossa sociedade contemporânea, respondendo a uma necessidade de símbolo de modernidade da nova sociedade burguesa que estava se instalando, em conluio com a empresa suiça N*$tl*, que se estabeleceu aqui nos anos 1920.

O blog mostra 2 imagens de campanhas promocionais antigas, onde podemos ver o início da parceria espúria entre a indústria e a classe médica, e mostra também uma propaganda atual, onde a  N*$tl* faz campanha para a nossa Sociedade de Pediatria —  e então percebemos que nossa luta em prol do aleitamento materno é um embate sério e difícil.

Não podemos relaxar nem um milímetro em nossa posição radical de não aceitar fazer nenhum tipo de ação patrocinada por empresas que não promovam verdadeiramente o aleitamento materno. Quem aceita esse tipo de patrocínio está, em última análise, prejudicando o aleitamento materno. Pense nisso!