Primeiras mamadas

“O bebê, tímido e cansado “viajante”, ingressa em um mundo muito diferente da antiga realidade líquida intra-uterina e começa a viver sua grande aventura. A consciência da importância desse instante para toda a vida de um ser humano está presente em mim há muito tempo. Em 1974, fui fortemente influenciado pelas idéias do médico francês Frederick Leboyer, defensor de um parto menos violento para o bebê. Procedimento que incluía um ambiente especialmente preparado: silêncio, pouca luz e, principalmente, o contato, logo após o nascimento, antes mesmo do primeiro banho, com o colo e o seio, nus, da mãe, para que se sentisse acolhido, bem-vindo, aquecido e acalentado.” confira este texto na íntegra na nossa nova sessão “primeiras mamadas”

postagem by Natália Rea Monteiro

Uma resposta para Primeiras mamadas

  1. rafael paniagua cavalcante disse:

    pessoal ajudemos ´´´´minha esposa janaína tivemos um Bebê prematuro nasceu com 33 semanas e 2150 de peso..teve um desconforto na respiração teve que ficar entubada alguns dias e tomando medicamentos ,,, graças,, a deus sai dessa ja esta em casa, agora estamos com dificuldade dela amamentar no peito..de dia ela dormi e não pega de jeito nenhum o seio da umas mamadinhas e para e dormi…estamos apavorados ele tem que tomar para ganhar peso..toma só na chuquinha…o que devemos fazer:?????? se alguém ler ajudem,,, o que fazer para que ela pegue o peito ..sera que tem alguma coisa a ver com os tubos,,,plis

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: