Mastigação

9 dezembro 2007

3894a.jpg

imagem

Sempre se dá muita ênfase ao valor nutricional dos alimentos, deixando em segundo plano a forma como eles são consumidos. Acredito que uma parcela da culpa pelo aumento da obesidade, em especial a infantil, passa pela textura e consistência dos alimentos. As crianças atualmente estão mastigando cada vez menos (vide o sucesso que alimentos como salsichas, hambúrgueres e purês fazem).

Como conseqüênciasta, comem mais rápido, engolem pedaços maiores, devolvem pedaços de carne “mascados”. A origem desses hábitos está no pouco tempo de amamentação exclusiva, nas papinhas que são batidas no liquidificador, nas frutas sempre descascadas e raspadas, nas mamadeiras que são usadas até os 2 ou 3 anos de idade, prejudicando o aprendizado do movimento mastigatório laterolateral. Traçando um paralelo com a deambulação, é como se se deixasse o bebê num berço por dois anos e depois se quisesse que ele saísse andando bem.
Mariângela Schalka
Odontopediatra
Cotia, SP